Terminou no último dia (31) de maio a primeira etapa da campanha de vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa em Goiás. Com o término da campanha, os pecuaristas de Caiapônia e de todo o Estado de Goiás deverão fazer a entrega da declaração e a nota fiscal da vacina até a próxima terça-feira dia (30).

Os pecuaristas que não realizarem no prazo estipulado a declaração e a entrega da nota fiscal serão multados, aqueles que deixarem de vacinar terão de fazer vacinação assistida por profissionais da Agrodefesa e ainda vão arcar com multas de R$ 7,00 por cabeça não vacinada e R$ 300,00 por propriedade não declarada. Os  que vacinarem, mas não fizerem a declaração da vacinação e a declaração do rebanho, serão penalizados com multas de R$ 300,00 por propriedade não declarada.

O procedimento de entrega é obrigatório e pode ser realizado preferencialmente via internet pelo Sidago, ou no Sindicato Rural de Caiapônia. Segundo Marcus Silva assistente administrativo do Sindicato há vários dias a entidade está prestando esse tipo de serviço e que os produtores podem procurar a entidade para fazer a declaração da vacinação da aftosa.

Reportagem: Guinther Rodrigues dos Santos DRT/GO 1654 – Rádio Serra Azul