TRIBUNAL DE JUSTIÇA de Goiás decide desativar a comarca de Israelândia políticos e OAB se posicionam contra

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos França, mantém a decisão de desativar em Israelândia o foro da comarca.

Houve muita mobilização, protestos, manifestações em contrário mas não conseguiram reverter a situação. Vereador em Israelândia, Danilo Papel do PP, disse que a cidade foi pega de surpresa, ele imaginava que essa decisão tinha sido revertida, o vereador disse que não vai desistir..

Presidente da OAB, Sub Sessão de Iporá, doutora Vanessa Costa diz que Iporá é solidário, e que ela, que representa os advogados vai lutar para reverter a situação….

Conteúdo relacionado

Comente e participe conosco:

0 comentários

Últimos destaques

Acompanhe a RDR nas Redes Sociais

Leia também