A Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, do Ministério da Mulher, da Família e dos direitos Humanos (SNPIR/MMFDH), vem a público, por meio desta nota, repudiar o episódio em que uma cliente teceu comentários racistas a respeito de um entregador de aplicativo que presta serviços para uma hamburgueria em Goiânia (GO).

Em mensagem enviada à lanchonete no domingo (25), a cliente escreveu: “Esse preto não vai entrar no meu condomínio”, “Mande outro motoboy que seja branco”, “Eu não vou permitir esse macaco”.

Atitudes como essa reforçam estereótipos que promovem o ódio, a discriminação e o preconceito. Além disso, seguem na contramão da necessária busca por igualdade étnico-racial no Brasil.

Nesta oportunidade, o MMFDH reafirma o seu compromisso para a construção de um novo tempo de unidade, entre brasileiros das mais diferentes matrizes étnicas, com respeito às diferenças para o bom desenvolvimento da nação.

Para dúvidas e mais informações:
[email protected]

Atendimento exclusivo à imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do MMFDH
(61) 99558-9277