As últimas da RDR

 

De acordo com o secretário Wilder Morais, titular da SIC, o governo vai ajudar os pequenos e médios empresários, que paralisaram suas atividades, injetando R$ 500 milhões no mercado para capital de giro, dinheiro para pagamento de impostos, mão de obra, aluguéis e outros custos fixos variados.

Os R$ 500 milhões são para capital de giro emergencial, inclusive custos fixos, para MEI, micro e pequenas empresas, através da Goiás Fomento, Banco do Brasil e FCO. A carência é de 6 a 12 meses e o prazo para pagamento de 24 meses. O governo vai disponibilizar ainda a criação de um Fundo de Aval para facilitar o crédito aos microempresários.

Ainda de acordo com o secretário Wilder Morais, esse meio bilhão que será disponibilizado aos empresários está disponível para empréstimo na Goiás Fomento, no Goiás Empreendedor e Banco do Brasil, via Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO).

Reportagem: Guinther Rodrigues dos Santos DRT/GO 1654 – Rádio Serra Azul

 
>