Déficit dos estoques de sangue da Hemorrede chega a 49% e unidade enfrenta pior cenário da pandemia, número de doadores caiu em Iporá, direção pede apoio da população para reverter este quadro. A informação dá conta que a Hemorrede Pública de Goiás registrou no último mês um déficit de 49% em seus estoques de sangue e hemocomponentes e para agravar situação temos um aumento considerável da demanda de sangue pelas unidades de saúde do Estado. Segundo a diretora-técnica da unidade, Ana Cristina Novais, este é o pior cenário enfrentado desde o início da pandemia. Em Iporá, como nas demais unidades de coleta as doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Entre o hospital Municipal e A UPA.

Reportagem: Pedro Claudio – DRT/GO 1538 – Rádio Rio Claro