Médico indiciado por crime de Violação Sexual nega o ocorrido, o ortopedista Otacílio Rodrigues de Barros, que atende em hospitais de Iporá e região, apontado em inquérito policial como sendo o autor de violação sexual, fato noticiado nas mídias sociais, diz que o fato está ainda na fase de apuração, e que ele, caso, seja denunciado irá contestar. Na nota o médico informa que mesmo antes da denúncia, ele está tomando as medidas judiciais cabíveis.

Diz na nota que por o processo estar em segredo de justiça não irá tecer mais comentários a respeito do assunto, e informa que tem recebido apoio de parentes e amigos que se solidarizam com ele pelo fato.
Hospital e Maternidade São Paulo, local onde o médico atende emitiu uma nota sobre o caso:

NOTA DE ESCLARECIMENTO
O médico ortopedista Dr. Otacílio Rodrigues de Barros Neto, através de seu advogado, vem a público negar veementemente todas as acusações contra si formuladas por qualquer crime contra a liberdade sexual supostamente ocorrido no dia 31 de maio de 2021, enquanto no exercício de suas atividades profissionais.

Esclareço que as informações veiculadas na mídia e nas redes sociais pela autoridade policial que presidiu o inquérito policial estão inseridas em processo que tramita sob segredo de justiça, nos termos do art. 234-B do Código Penal Brasileiro, e por isso, deixo de tecer qualquer comentário sobre os fatos, que ainda serão objeto de apuração na ação penal pertinente caso o Ministério Público entenda ser o caso de oferecimento da denúncia.  De qualquer modo, as medidas jurídicas cabíveis estão sendo adotadas, e ao final, restará comprovada minha inocência das imputações formuladas inveridicamente pela suposta vítima.

Na oportunidade, o Dr. Otacílio Rodrigues de Barros Neto agradece o apoio que tem recebido de amigos, familiares e pacientes que conhecem a retidão de sua conduta pessoal e profissional, e confia que os fatos serão devidamente esclarecidos e a verdade prevalecerá após a formação do contraditório e da ampla defesa no seio judicial.

O Dr. Otacílio Rodrigues de Barros Neto reitera que se encontra à disposição das autoridades competentes para esclarecimento dos fatos apurados. Era o que havia a esclarecer.
Iporá – GO, 22 de junho de 2021.
FERNANDO COSTA MARTINS
OAB/GO 41.515

Noticia que veiculada no site da Polícia Civil: https://www.policiacivil.go.gov.br/delegacias/regionais/policia-civil-indicia-medico-por-violacao-sexual-de-paciente-em-ipora.html