Está acontecendo desde o dia (17) de agosto o prazo da entrega da declaração do Imposto sobre a Propriedade Rural (ITR) 2020, com prazo final para o próximo dia (30) de setembro. O produtor caiaponiense associado ao Sindicato Rural que ainda não fez ou não fechou a sua declaração junto à entidade que procure o mais rápido possível para regularizar a sua situação, pois ele tem apenas 16 dias até o prazo final para declarar.

Caso não seja cumprido dentro do prazo haverá multa de 1% ao mês ou fração de atraso, lançada de ofício e calculada sobre o total do imposto devido, não podendo seu valor ser inferior a R$ 50. Quanto ao valor do imposto pode ser pago em até quatro quotas iguais, mensais e sucessivas, sendo que nenhuma quota pode ter valor inferior a R$ 50. O imposto de valor inferior a R$ 100 deve ser pago em quota única. A quota única ou a primeira quota deve ser paga até o dia 30 de setembro de 2020, último dia do prazo para a apresentação da ITR.

Elvira Maria Franco, contadora do Sindicato Rural de Caiapônia destaca da obrigatoriedade para a realização da declaração do ITR.

Reportagem: Guinther Rodrigues dos Santos DRT/GO 1654 – Rádio Serra Azul