A mobilização do Sindicato rural de Iporá, Diorama e Israelândia contra as constantes falta de energia elétrica na zona rural, com a ameaça de uma grande manifestação, está tendo saldo positivo. A avaliação é feita pelo vice-presidente do sindicato, Adailton Leite. Diz o sindicalista que estão sendo ouvidos, e que darão um voto de confiança à empresa, assim, cancela o protesto.

Hoje, 21/01 aconteceu na prefeitura de Iporá reunião de representantes da empresa com prefeitos de Iporá Naçoitan Leite, (PSDB) e Eduardo Talvani (PSC), produtores rurais, presidente do sindicato de Palestina e equipe técnica regional da ENEL.

Na reunião desta quinta-feira a Enel Distribuição Goiás anunciou um plano de melhorias para o sistema elétrico de Iporá e região e, já deu início a um mutirão de manutenções na rede elétrica nas regiões do Jacaré e Jacuba, em Iporá; do Caiapó, em Palestina de Goiás; e zona rural de Arenópolis, cujas linhas abastecem Iporá.

Segundo a ENEL, 12 equipes estão trabalhando para resolver os problemas, retirando objetos presos aos fios, podas de árvores, limpezas de faixas de servidão, e corrigindo tudo que foi danificado pelo tempo de uso ou por ação de temporais.

Presente à reunião, José Januário de Oliveira, diretor de Operações da Enel Distribuição Goiás, informou que a empresa se compromete a garantir a qualidade do fornecimento de energia na região.

Reportagem: Pedro Claudio – DRT/GO 1538 – Rádio Rio Claro