Caríssimo Bispo eleito,

Mons. LINDOMAR ROCHA MOTA

Inicia-se uma experiência empolgante e bonita, embora aparecerão também tantas dificuldades. Mas qual é o caminho que não conhece as contradições e as contrariedades da vida?

Gostaria, como já lhe falei, de não ser causa de tristeza, mas de apoio discreto, sobretudo no início do ministério que é sempre feito de sonhos, projetos e entusiasmo. Não pertence ao meu temperamento desrespeitar o outro que tem direito de ser acolhido, sustentado na sua maneira de ser e de ver com toda discrição.

Coloco-me à inteira disposição do senhor em tudo o que achar conveniente, em total obediência e submissão. A unidade constrói a Igreja, os personalismos desiquilibrados bloqueiam o caminho do Evangelho. Como é desgastante a desunião presbiteral!

Inicialmente, irei viver no Seminário Maior da Diocese, que está em Goiânia. Foi adaptada uma sala como apartamento para o Bispo emérito. É excelente! Mais adiante, quando o senhor achar oportuno, não desprezaria de ajudar um pároco no ministério ordinário. Mas deixaria isso para mais adiante e depois de uma conversa pessoal.

Prefiro não adiantar notícias sobre a Diocese de São Luís para não condicioná-lo, nem em bem, nem em mal. Quando solicitado, com todo prazer, passarei as informações necessárias para o senhor.

Em São Luís, encontrará tantas coisas boas, mas também tantos limites que meu jeito de ser e de fazer não conseguiu atingir e resolver. Tenha paciência comigo.

Fico sempre à disposição para informá-lo sobre a casa, o veículo etc. Se vier com alguns familiares, seria bom sabê-lo para resolver tudo com antecedência. O que deseja que se faça, o diga com toda liberdade, e no limite do possível atenderemos.

Parabéns ainda pela nomeação e Deus caminhe ao seu lado sempre.

Com amizade e consideração

SEJA BEM VINDO MONS. LINDOMAR ROCHA MOTA

Caríssimos Irmãos Presbíteros, Diáconos, Religiosas, Seminaristas, querido povo de Deus da Igreja de São Luís! É com imensa alegria que recebemos a notícia de nomeação a quarto Bispo de São Luís de Montes Belos do PADRE LINDOMAR ROCHA MOTA, do clero da Arquidiocese de Diamantina, Minas Gerais.

O nosso novo Bispo é jovem – 48 anos – brasileiro, diocesano, atualmente Pároco da Paróquia Santo Antônio em Curvelo; Diretor da Faculdade Arquidiocesana de Curvelo; Professor no Seminário Sagrado Coração de Jesus e na Pontifícia Universidade Católica de Minas, em Belo Horizonte.

É graduado em Teologia pelo Ateneu Pontifício Regina Apostolorum; mestre em filosofia pela Universidade Gregoriana; mestre em Antropologia Teológica no Instituto Teresianum de Roma; doutor em Filosofia Moderna pela Universidade Gregoriana; fez o pós-doutorado em Democracia e Direitos humanos pela Universidade de Coimbra, em Portugal. Um Curriculum vitae invejável e rico de promessas para o bem de nossa Diocese. 

A Ordenação Episcopal de Mons. Lindomar será no dia 14 de março, às 18:00, na Matriz de Santo Antônio, em Curvelo-MG.

O início do ministério pastoral com a tomada de posse canônica será depois da Assembleia da CNBB, em Aparecida (que termina no dia 30 de abril), em data a ser estabelecida. Com toda probabilidade, será de sábado, às 17:00 para proporcionar a presença de bispos, padres e todo o povo de Deus. 

Até a tomada de posse de Mons. Lindomar, continuarei servindo a Diocese como Administrador Apostólico, com todos os deveres e direitos do Bispo Diocesano.

Quero agradecer, em nome da Igreja Particular de São Luís de Montes Belos, ao Papa Francisco, por ter doado a esta Igreja um novo pastor que a guie, acompanhe e sirva. Quero agradecer o Bispo eleito Lindomar, por ter aceitado o convite do Papa e, antes, o do Senhor dizendo “sim”, colocando sua vocação à serviço desta Igreja Particular. Nossa Igreja Diocesana agradece e abraça seu novo Pastor com total confiança e de coração aberto.

Já sabemos que ele traz consigo uma grande experiência sacerdotal e uma rica preparação. Sabemos que em sua querida Igreja de Diamantina, exerceu delicados serviços de responsabilidade. Sabemos que é um ministro de Deus fiel, do coração grande, capaz de escutar e de se colocar perto das pessoas. Obrigado, Mons. Lindomar!

Queremos agradecer também a Igreja de Diamantina, que gerou à fé o nosso novo Pastor e lhe proporcionou tantas coisas boas, até torná-lo idôneo para o episcopado. Mais uma vez, Mons. Lindomar: Seja bem-vindo em São Luís de Montes Belos. Todo o povo te abraça com confiança e gratidão.

São Luís de Montes Belos, 22 de janeiro de 2020