Seguindo a programação da Semana Santa, como de costume, Dom Carmelo Scampa presidiu na terça-feira, 7, a Missa dos Santos Óleos, que acontece na terça-feira santa de todos os anos. A celebração se deu na Catedral São Luiz Gonzaga, com início às 16h, participação do colégio de consultores representando todo o clero e foi transmitida pelos meios de comunicação da Diocese de São Luís.

 

Missa Crismal 

Esta Missa, que o Bispo concelebra com o seu presbitério e dentro da qual consagra o Santo Crisma e abençoa os outros óleos, é como que a manifestação da comunhão dos presbíteros com o seu Bispo. Excepcionalmente este ano, devido à pandemia do novo Coronavírus, o clero foi reduzido ao Colégio de Consultores da Diocese, composto por 6 presbíteros.

Com o Santo Crisma consagrado pelo Bispo, são ungidos os recém-batizados, são marcados com o sinal da cruz os que vão ser confirmados, são ungidas as mãos dos presbíteros e a cabeça dos novos bispos, bem como a Igreja e os altares na sua dedicação. Com o óleo dos catecúmenos, estes preparam-se e dispõem-se para o Batismo. Por fim, com o óleo dos enfermos, estes recebem alívio na doença.

Despedida emocionante de Dom Carmelo 

Embora permaneça como bispo emérito, Dom Carmelo aproveitou o momento para se despedir oficialmente do ofício de bispo de São Luís. Esse foi o último evento diocesano presidido por ele, uma vez que Dom Lindomar já toma posse no próximo mês.

Em diversos momentos, Dom Carmelo, ao mencionar o fato, expressava o quanto foi grato pelo tempo à frente da Diocese. Agradeceu aos padres que deram a vida por essa porção do povo de Deus, bem como aos que ainda se dedicam em sua evangelização. Fez questão, ainda, de citar e agradecer a cada membro do clero, mencionando todos os padres, diáconos transitórios e também os permanentes. Relembrou as feridas que alguns lhe causaram e pediu que Dom Lindomar fosse recebido de coração aberto por todos, sempre destacando a necessidade da obediência professada na ordenação de cada um. Por fim, manifestou que estará à disposição de todos que precisarem de sua ajuda, uma vez que ele a poderá oferecer melhor do que antes.

Ao final da celebração, Pe. Joaquim Gonçalves, reitor do Seminário Maior e Delegado Geral da Diocese, fez uma homenagem a Dom Carmelo relembrando os 17 anos de caminhada do bispo à frente da Diocese. Pe Joaquim fez questão de destacar a humildade, missionariedade e o cuidado com as vocações que Dom Carmelo sempre teve, colhendo como fruto dessa dedicação, os mais de 20 padres ordenados nesse período.