Tem início hoje segunda-feira a campanha de vacinação contra a GRIPE, os 246 municípios goianos recebem as doses que fazem parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe), realizada simultaneamente em todo o território nacional.

A vacina, segundo o Ministério da Saúde, visa proteger, em especial, os indivíduos dos grupos considerados mais suscetíveis à doença. Estima-se que no Estado há mais de 2 milhões e 400 mil pessoas aptas a receberem o imunizante. A meta é vacinar, pelo menos, 90% desse público.
A campanha é realizada em etapas, cada uma relativa a grupos prioritários diferentes. O primeiro público a ser vacinado é o de crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres no período de até 45 dias após o parto), população indígena, e trabalhadores da saúde.

A segunda fase da vacinação, que tem início em 11 de maio, será direcionada aos idosos com 60 anos ou mais e aos professores. Na terceira e última etapa da campanha, prevista para ocorrer a partir de 9 de junho, serão imunizados os grupos das pessoas que vivem com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades), pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes, e jovens em medidas socioeducativas.

A aplicação da dose é de responsabilidade das prefeituras, que devem organizar os locais e orientar a população quanto ao horário de funcionamento das salas.

A vacina utilizada será a trivalente, que é segura e protege contra os vírus da Influenza A/H1N1, A/H3N2 e B.
A detecção de anticorpos protetores se dá entre duas a três semanas após a vacinação e apresenta, geralmente, duração de seis a 12 meses.