O árbitro Eduardo Tomaz, informou que o gramado não oferecia as condições de jogo marcado para este domingo (28). O que provocou isso foram as chuvas que caíram de forma intensa. A diretoria do Iporá não concordou com a decisão, o estádio Ferreirão tem boa drenagem e o gramado estava em condições, em entrevista concedida à rede diocesana de rádio, o presidente da equipe mandante, Nilton Pereira Xavier (Nilton Pezão) protestou” primeiro eles (equipe da federação), tinham avaliado condições, mas depois houve pressão do Harley, dirigente para adiar o jogo, e o trio de arbitragem cedeu a pressão.”

O árbitro em entrevista após tomar a decisão disse que não poderia colocar em risco a segurança dos atletas, ele percebeu que o gramado estava encharcado e a grama estava solta, agora é esperar a FGF definir nova data, ainda no estádio neste domingo foi informado que esse jogo será dia 10 de março. Pela tabela o Iporá volta a Campo quarta-feira (03) no estádio Amintas Freitas contra o Jaraguá.